Itaunas-gabi (9)

Itaúnas: o encanto das dunas capixabas – dez/16

Nossa viagem no final de 2016 tem como primeira parada oficial a vila de Itaúnas (para ver outros destinos desta viagem, clique no link ao final do texto). Na BR-101 Norte, você sairá da rodovia com sentido a Conceição da Barra e, após 14km, pega o acesso de estrada de terra em perfeita condição por 20km.

Itaunas-gabi (4) Itaunas-gabi (5) Itaunas-gabi (6)

A vilinha é toda de chão batido, com muitas opções de gastronomia e hospedagem. A sorte estava ao nosso lado ao conhecer a Pousada Gajiru, com quartos a R$ 120 o casal, com café da manhã, ar-condicionado e piscina. Era 24 de dezembro e ficaríamos até dia 27. Durante todo esse período, só havia a gente na pousada. Inclusive a noite, nem os funcionários.

Itaunas-Pousada_Gajiru (1) Itaunas-Pousada_Gajiru (2)Itaunas-gabi (1)

Trouxemos um pequeno fogareiro de camping, comprado no Mercado Livre a R$ 39,90 + R$ 19,90 do gás (Decatlon). Ralamos a abobrinha em tiras, esquentamos água e misturamos por 30 segundos. Antes disso,faça um refogado de cebola, alho, tomate, salsinha e salvia. Mistura e você tem uma saudável, saborosa e barata ceia de natal de Spaguetti de Abobrinha, na pousada para chamar só de sua!

Itaunas-Natal

Em Itaúnas, há vários acessos para a praia a partir da vila. Você pode ir de carro ou a pé até a entrada das dunas, parar do lado esquerdo (o direito é proibido). São apenas 500m. E nada de levar muita coisa para carregar, porque a duna é curta, mas íngreme.

Itaunas-praia (9)

Ao final da subida da duna a imagem que você verá representa mais beleza do que a própria praia. Uma mistura das areias da duna nos próximos 200m, a vegetação, o quiosque e o mar verde ao fundo emolduram uma lembrança para toda a vida.

Itaunas-praia (1) Itaunas-praia (6) Itaunas-praia (8)

A praia é extensa, com pouca faixa de areia, mar de tombo bastante agitado. O jeito é curtir o forró dos quiosques, para tomar uma cerveja a R$ 7 o latão e comer uma porção de camarão por R$ 40. Se quiser, sente na areia e espere o tempo passar!

Itaunas-praia (2) Itaunas-praia (3) Itaunas-praia (4) Itaunas-praia (7)

Forró, aliás, é o que predomina em Itaúnas, já conhecida pelo Festival Nacional que acontece em julho e atrai 40 mil pessoas. Pelas ruas da Vila não faltam opções de bares para dançar a partir das 18h, assim como há uma variedade de opções gastronômicas. Inclusive, em setembro, acontece o Festival Gastronômico.

Pelos restaurantes é possível comer a tradicional moqueca capixaba, ou então o Piadina – pão típico italiano, crepes, lanches de hambúrguer artesanal no Graxa, hot dog prensado com o pão cortado de forma inversa (!) a R$ 10, sorvetes light, diet e diferentes na Fioretto a R$ 3 ou uma simples refeição no Cantinho do Serti a R$ 25, com arroz, feijão, salada, farofa e peixe para duas pessoas. O Cantinho fica bem ao lado do Cizinha, um restaurante de esquina perto da igreja e sempre movimentado. Nesta mesma rua, para dentro do bairro, tem a cervejaria Tortura. Peça pela Summer Ale, uma combinação de refrescância e cerveja forte, a R$ 16 no próprio bar, sem taxa.

itaunas-noite (1) itaunas-noite (2) itaunas-noite (3)Itaunas-gabi (7)

Casinha de Aventuras é uma empresa de esportes, que aluga bike a R$ 40 o dia. De bicicleta é uma das opções recomendadas para chegar a Riacho Doce, praia a 16km de Itaúnas e 1ª praia da Bahia. Ou seja, você atravessa o estado de bike \o/

O trecho de estrada batida é bem tranquilo e pode ser feito de carro, se quiser. Pelo caminho, encontram-se várias placas bem humoradas, colocadas pela Pousada do Celsão, como: “não desista”, “devagar, doido”, “travessia de formigas”, “atenção, curvas da Elisa Lucinda”, e assim vai.

Itaunas-RiachoDoce-bike (1) Itaunas-RiachoDoce-bike (2)

Ao chegar na Pousada, conversando com a esposa dele – Mara, as placas foram colocadas porque há 16 anos, quando vieram parar ali, também se perderam. A Pousada e Restaurante do Celsão está na parte alta da praia, com uma opção de estacionamento. Há uma trilha que te leva até a praia.

Riacho Doce tem um rio (ó), que geralmente liga ao mar. Em dez/16, não, mas deu para aproveitar e tirar o sal do mar. Ao lado, tem o Quiosque da Cida, que orgulhosamente se intitula como o 1° Bar da Bahia. Justo. Uma cerveja latão sai por R$ 8, a porção de peixe a R$ 38 e uma refeição/porção com 2 tipos de peixe + banana da terra + batata e mandioca fritas + porção de camarão por $ 68 e serve muito bem 4 pessoas. Paraíso? Calma. Redes distribuídas pelo quiosque são providenciais para descansar, observando a vista da linda praia.

Itaunas-RiachoDoce (1) Itaunas-gabi (10) Itaunas-gabi (11)Itaunas-RiachoDoce (2) Itaunas-RiachoDoce (3) Itaunas-RiachoDoce (4) Itaunas-RiachoDoce (5) Itaunas-RiachoDoce (6) Itaunas-gabi (2) Itaunas-gabi (12)Itaunas-RiachoDoce (7)

O descanso é necessário porque você tem 16km de retorno ouuuu apenas 8km. Isso porque você pode esperar a maré baixar, por volta das 18h e voltar pela praia. É bem tranquilo, terá de fazer um pouquinho mais de força, mas bem mais rápido e melhor. Lembre-s de se encapotar de panos, já que o vento disfarça a força do sol.

Itaunas-gabi (13)

Bom, não curtimos forró. Motivo para voltar. Mas o charme da vila já nos obriga a vivenciar essa experiência sempre quando possível. Valeu Itaúnas e bora para Bahia, definitivamente.

Itaunas-gabi (14)

 

Conheça outros roteiros desta viagem:

De volta ao Sul da Bahia após 7 anos

Moqueca Vegetariana e as Paneleiras das Goiabeiras

Caraíva, a vila dos sonhos – EM BREVE

A completa Cumuruxatiba – EM BREVE

Publicado por

Rodrigo Góes

Descrição